Nota Técnica de Esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde.

Publicado em Terça, às 19h de 30 de Junho de 2020 por Sec. Saúde

ESTADO RIO DE JANEIRO
PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA MADALENA
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

NOTA TÉCNICA DE ESCLARECIMENTO

Em virtude de algumas notícias falsas divulgadas nas redes sociais (fake news) que não tem outro motivo, senão o de confundir a população e tumultuar as ações de combate ao coronavirus implementadas pela Secretaria Municipal de Saúde, através da presente nota passamos a tecer a verdade dos fatos:

A Prefeitura Municipal de Santa Maria Madalena, PMSMM, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou o programa de testagem dos funcionários municipais da Saúde, Força de Segurança e Salvamento, com utilização do teste combinado de anticorpo para doença de coronavirus (IGM / IGG), teste rápido.

Os kits de testes rápido adquiridos pelo Município, através de regular procedimento administrativo, tratam-se do seguinte produto: Coronavirus Disease 2019 Antibody IgG/IgM Combined Test Kit, fabricado pela empresa Medical System Biotechnology Co., LTD.

Importante destacar, diferentemente do que se fez veicular nas redes sociais, que o referido produto possui a devida certificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA (registro nº 80882270004), sendo, portanto, instrumento seguro para aplicação no combate da pandemia que assola o mundo.

Tais testes utilizam como amostra o sangue total, plasma e soro, indicam como marcadores reagentes a presença de anticorpos das classes IgM e IgG produzidos em resposta à infecção viral.

Em linhas gerais, os anticorpos da classe IgM podem ser encontrados nas fases iniciais da doença (indicando que o paciente possui a COVID-19). Já a presença dos anticorpos da classe IgG é indicativa de que já decorreu algum tempo desde a infecção e que a pessoa provavelmente desenvolveu imunidade contra a doença (o paciente já teve a COVID-19). Em caso da amostra revelar-se não reagente aos anticorpos IgM e IgG sinaliza resultado negativo para COVID-19.

A possibilidade de realização de testes com disponibilidade de resultado rápido (cerca de 20 minutos) favorece tomadas de decisão quanto a necessidade de afastamento do trabalhador de saúde, sendo importante ferramenta de prevenção da pandemia.

Esclareça-se à população que eventual divergência entre os resultados apresentados pelos testes adquiridos pelo Município com outros testes realizados na iniciativa privada podem decorrer de inúmeros fatores, sendo os mais comuns o tempo decorrido entre o início da apresentação de sintomas e a realização do exame e a metodologia de interpretação de cada laboratório, certo de que o Ministério da Saúde recomenda a coleta do material (amostra) para a realização do teste a partir do 7º dia da apresentação dos sintomas. Todavia, os laboratórios em geral ressalvam que resultados não reagentes para a COVID-19 podem ocorrer em pacientes assintomáticos e sintomáticos em qualquer momento durante a evolução da infecção, principalmente, mas não exclusivamente, nos 20 dias do início de eventuais sintomas.

Ciente disso, a Secretaria Municipal de Saúde, com objetivo de confirmar ou descartar os resultados reagentes para COVID-19 está efetuando retestagem daqueles pacientes que testaram positivo, mantendo os profissionais em isolamento até o novo resultado por questões de cautela e segurança, sendo de bom alvitre destacar que qualquer tomada de decisão por parte da Secretaria de Saúde é precedida de análise técnica e, nos casos de interpretação de exame, evidentemente, através do profissional médico.

Por derradeiro, informamos que serão contabilizados pela PMSMM os resultados obtidos nos testes e no retestes realizados pela SMS, independente dos resultados de eventuais exames realizados pelo paciente na iniciativa privada.

Secretaria Municipal de Saúde
Coordenadoria de Vigilância em Saúde
Laboratório Central de Saúde Onofre Dubois

Assessoria de Comunicação (ASCOM /PMSMM).

Desenvolvido por FB Design