Saúde inicia nova etapa de vacinação contra a Influenza

Publicado em Quarta, às 20h de 12 de Janeiro de 2022 por Sec. Saúde.

A Prefeitura de Santa Maria Madalena, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulga novos grupos prioritários para a vacinação contra a gripe Influenza. A partir desta quinta-feira(13), serão imunizadas as pessoas com comorbidades, com deficiência permanente e professores do ensino básico e superior.

Para se vacinar, basta ir ao Posto Central Dr. Manoel Verbicário, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e apresentar o documento de vínculo com o grupo de prioridade vacinado (confira os grupos na lista abaixo). Nas demais localidades e Postos de Saúde, as vacinações serão realizadas no dia de aplicação do imunizante contra Covid-19.

    Grupos Prioritários
  • Pessoas com Comorbidades: Doença respiratória crônica, Doença cardíaca crônica, Doença renal crônica, Doença hepática crônica, Doença neurológica crônica, Diabetes, Imunossupressão, Obesos, Transplantados e Portadores de trissomias.
  • Pessoas com deficiência permanente: Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas, Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir mesmo com uso de aparelho auditivo, Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar mesmo com uso de óculos e Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.
  • Professores do ensino básico e superior: Mediante apresentação de documento que comprove sua vinculação ativa como professor de escolas de ensino básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA) e superior, de caráter público ou privado.

Não serão ministradas doses de vacina quando o respectivo dia coincidir com feriados.

A execução da referida campanha está sujeita a alterações conforme orientações do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria de Estado de Saúde (SES/RJ) e de acordo com o abastecimento de imunobiológicos nas quantidades necessárias.

A Secretaria de Saúde lembra ainda que a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve seu início em 12 de abril de 2021, com término previsto para 09 de julho de 2021. Nesse período, as doses de influenza recebidas pelo Estado para as ações de campanha, provenientes do Ministério da Saúde, foram distribuídas na sua totalidade.

“Não há doses de vacinas influenza remanescentes na Central Estadual nesse momento para distribuição aos 92 municípios do Estado. Dessa forma, as coordenações municipais de imunização deverão avaliar seus estoques residuais de vacinas contra a influenza e monitorar junto com a vigilância epidemiológica municipal a ocorrência de aumento de notificações de casos suspeitos de síndrome gripal em seus territórios. Atualizar os registros de vacinação contra a influenza imediatamente no site do SIPNI, para permitir uma melhor análise do desempenho das ações de vacinação a nível municipal, principalmente nos grupos prioritários. Organizar fluxo de atendimento em seus territórios e de vacinação caso ainda possuam doses em estoque, preconizando a população dos grupos prioritários que são mais suscetíveis ao agravamento e risco de morte por SRAG”, ressaltou o Gerente de Imunizações da Secretaria de Estado de Saúde, o Sr. Valter Almeida.

Assessoria de Comunicação - ASCOM PMSMM.

Desenvolvido por FB Design